20 de fevereiro de 2017

Em primeiro lugar, uma revisão da previsão da semana passada:

  • Lembre-se que ao prever o futuro do EUR/USD, a grande maioria dos analistas, apoiada por indicadores, votou a favor da continuação da tendência de baixa e queda do par para a zona de 1,0500. Isso foi o que aconteceu: durante toda a primeira metade da semana o par moveu-se para baixo, atingindo o horizonte de 1,0520. Em seguida, ajudado pelo presidente do Federal Reserve dos EUA, cujo discurso foi considerado chato por alguns, o par inverteu e subiu  150 pontos. Em seguida, a força dos touros se dissipou e, tendo perdido 70 pontos, o par terminou a semana quase onde começou: nas proximidades de um forte nível de suporte / resistência a médio prazo na área de 1,0610;
  • A previsão para o GBP/USD também esteve quase inteiramente correta. Aqui, os ursos foram apoiadas não só pelos analistas e indicadores, mas também pela análise gráfica. De acordo com essa opinião compartilhada, o par deveria cair inicialmente para 1,2410 e depois para 1,2350. Ao mesmo tempo, um terço dos especialistas sugeriram que, atingindo o fundo em 1,2350, o par deveria então fazer movimento lateral na faixa de 1,2350-1,2550. Se você olhar para o gráfico, fica claro que tudo já acabou, embora com uma oscilação de 2,025 pontos;
  • A opinião dos dois analistas e análise técnica sobre o comportamento do USD/JPY foi muita vaga na semana passada. No entanto, quase 70% dos especialistas afirmaram que, a médio prazo, o par iria até 115,00. Este é exatamente o que o par fez, embora o fez mais cedo do que o esperado: ele já tinha chegado a altura de 114,95 na quarta-feira. Então, assim como o euro / dólar, voltou ao forte nível de suporte / resistência deste ano na área de 112,60;
  • A previsão para o USD/CHF também foi muita precisa e tudo aconteceu exatamente como a opinião unânime dos 100% dos analistas e análise técnica. Espelhando o comportamento de EUR/USD, o par atingiu a meta, na altura de 1,0100, no meio da semana e, em seguida, procedeu-se ao nível-chave de 1,0000.

 

Previsão para a próxima semana:

Resumindo os pontos de vista de uma série de analistas dos principais bancos e corretoras, bem como as previsões feitas com base em uma ampla variedade de métodos de análise técnica e gráfica, podemos dizer o seguinte:

  • A agenda econômica da próxima semana não será marcada por nenhum acontecimento particularmente importante. Talvez seja por isso as opiniões de especialistas sobre o comportamento de EUR/USD estão quase igualmente divididas: um terço prevê a alta do par, outro terço prevê uma tendência lateral e o último terço sugere sua queda. Estes últimos são ativamente apoiadas pela análise gráfica em H4. De acordo com esta análise, o par deve voltar a testar a fundo em 1,0500, após o qual poderá virar e subir para a resistência de 1,0850. Quanto à previsão de médio prazo, o quadro é bastante diferente: mais de 70% dos analistas ativamente apoiados por indicadores de tendência e osciladores em D1 prevê o fortalecimento do dólar e a queda do par. A zona de paridade no nível de 1,0000 é nomeado como um alvo chave;
  • Um padrão similar é observado para o GBP/USD. Aqui, 65% dos analistas, análise gráfica e mais de 90% dos indicadores estão do lado dos ursos. De acordo com sua previsão, é esperado que o par caia para o limite inferior do grande corredor lateral de 1,1985-1,2720, onde está localizado desde outubro de 2016. Para que isso aconteça, no entanto, ele primeiro tem que superar o apoio a nível da linha central do canal, que é 1,2345. Isso poderia atrasar a sua descida por alguns dias. Neste caso, um ressalto do par para a resistência de 1,2550 é possível;

 

  • As opiniões dos analistas e indicadores sobre o futuro do USD/JPY divergem radicalmente. Enquanto o primeiro espera que o par suba, este último está confiante de que ele vai cair. A opção de compromisso é o corredor lateral na faixa de 112,40-115,00, essa visão está sendo oferecida pela análise gráfica em D1. O próximo suporte será em 111,60 e a resistência será em 116,50;
  • Quanto ao último par da nossa revisão, o USD/CHF, ambos os especialistas e a análise técnica esperam um fortalecimento do sentimento de urso e a transição do par a uma tendência lateral no canal de 0,9960-1,0050. Em caso de quebra da borda inferior do canal, é possível que o par desça para a área de 0,9870-0,9900. Quanto aos objetivos de médio prazo, 75% dos analistas ainda esperam o par subir para a altura de 1,0330.

 

Roman Butko, NordFX


« Notícias e análises do mercado
Receba
treinamento
Novo no mercado? Utilize a sessão “Educação”. Comece o treinamento
Siga-nos nas redes sociais